THIS CONTENT IS
CURRENTLY UNAVAILABLE

l

l

Nós Não Vamos Aprender a Investir!

Kacir Samra      terça-feira, 28 de junho de 2016

Compartilhe esta página com seus amigos

Nós Não Vamos Aprender a investir

 

Olá!

Obrigado a todos que leram e comentaram o meu post anterior. Com base nas respostas que recebi, um tema me chamou a atenção porque apareceu várias vezes: NÓS NÃO VAMOS APRENDER A INVESTIR! Quer saber por que? vou explicar o "ESQUEMA".

Estou pegando este ponto pois, como trabalho com mercado financeiro desde 2006 e fui representante da 4° maior corretora do país na época, pude ver com clareza o "ESQUEMA" e entender que ele não está montado para você realmente aprender a investir, mas sim, novamente, para que os bancos, corretoras e instituições financeiras de modo geral ganhem MUITO dinheiro!

Vou tentar resumir rapidamente como funciona e porque está contra nós:

Existem basicamente 6 participantes no mercado: 
- A Bolsa de Valores (BOVESPA)
- As empresas com ações na BOVESPA
- Os investidores institucionais (os famosos tubarões)
- Os investidores varejo (pessoa física)
- As corretoras
- Os Agentes Autônomos de Investimentos (AAI), ou simplesmente corretores

De forma macro, a coisa funciona da seguinte maneira: a empresa contrata uma instituição financeira e se prepara para abrir capital na bolsa, ou seja, vender um pedaço da companhia para novos sócios, os acionistas e com isso levantar dinheiro, se capitalizar. Depois da abertura e de acordo com cada empresa, ela divide, periodicamente, seus lucros com as pessoas ou instituições que possuem suas ações, os acionistas.

Do outro lado, a pessoa com dinheiro parado quer investir e para isso tem que abrir uma conta em uma corretora. Isso é lei, você não pode comprar ações direto da BOVESPA, tem que ser através de uma corretora. Fazendo um paralelo, seria como no caso de imóveis e as corretoras, com a diferença de que no caso da bolsa é obrigatório que seja através de uma corretora.

A corretora por sua vez faz a intermediação entre os investidores e a BOVESPA, e por ser "corretora", recebe uma corretagem por isso. Até aí tudo ok, porém agora é que a coisa pega...

Antes de continuar, quero deixar bem claro que existem muitos Agentes Autônomos de Investimentos totalmente confiáveis e, por isso não vou generalizar, mas em 99% dos casos a coisa é mais ou menos assim: 

O AAI que é uma pessoa certificada pela Comissão de Valores Mobiliários, se vincula a uma ou mais corretoras, exatamente como os corretores de imóveis. Eles não tem vínculo CLT com as corretoras, funcionam no modelo PJ e recebem parte da corretagem que seus clientes geram ao comprar e vender ações. Os AAIs precisam captar clientes e fazer com que estes clientes gerem bastante corretagem, e esse é o "ESQUEMA" que está totalmente contra nós e que eu sempre questiono e critico.

Os AAIs captam as pessoas através de cursos nos quais você não aprende realmente como investir, você até entende os conceitos, mas depois é largado a deriva sem um acompanhamento educacional. Uma vez que ele te fisga com o curso, já indica uma corretora da qual ele é vinculado e você se torna cliente dele, a partir daí tudo que você gerar de corretagem ele recebe uma parte, que pode chegar a 70%, 80%, depende da negociação que ele fez com a corretora e do número de clientes que ele tem.

Aí a corretora te oferece chat com analistas durante todo o dia, relatórios diários, mensagens no celular, etc, etc, etc, com indicações para você comprar e vender ações. Quanto mais você fizer operações, mais a corretora ganha e mais o AAIs ganham, independente se VOCÊ teve lucro ou não com a operação.

Enfim, este CONFLITO DE INTERESSE não permite que você realmente aprenda a investir, porque se você sabe investir não vai precisar dos chats e recomendações ou, mesmo que receba vai analisar com outros olhos e não sair comprando ou vendendo sem saber o que está fazendo! Tomando,VOCÊ, suas próprias decisões  vai gerar poucas operações por mês. Poucas operações, corretagem pequena! Entendeu???

O problema é que investindo na bolsa sem saber o que está fazendo, o investidor vira um dependente total (literalmente), realiza muitas operações e não sabe porque está perdendo e pior, também não sabe porque está ganhando, se frustra depois de um tempo e sem ter um apoio educacional decente sai da bolsa pra não querer mais voltar.

Por este motivo a rotatividade na bolsa brasileira é gigantesca, somente 0,3% da população, ou 562 mil pessoas investe na bolsa (ou pelo menos tem seu CPF cadastrado lá! Dadas as devidas proporções, enquanto nós temos no Brasil inteiro 562 mil pessoas cadastradas e investindo na BOVESPA, uma corretora na China tem mais de 2 milhões de cliente, isso sem falar nos EUA...

Meu amigo Artur Szabo colocou muito bem a questão sobre o péssimo sistema de ensino que temos no comentário que fez no linkedin. Não aprendemos nem matemática direito, quiçá economia, poupar, investimentos, etc.

Então se você já fez algum curso sabe do que estou falando, se não fez, entra no site da CVM e verifica se a empresa que vai te dar curso é certificada como AAI e com quais corretoras ela é vinculada. Você pode estar a um passo de cair no "ESQUEMA".

Eu continuo com meu projeto de educação em investimentos, ainda acredito que ensinar a investir e se preocupar com o investidor,  e não com a instituição financeira, dando um apoio educacional verdadeiro, é o melhor caminho para criarmos uma nova cultura de investimentos e não este canibalismo que vemos hoje!

Por hoje é só pessoal, até mais!

Termos de Uso | Política de Privacidade

© 2016 Escola de Investimentos. Todos direitos reservados

 

As informações, gráficos e exemplos contidos nesse Site e Blog possuem caráter apenas e tão somente educativo. Não devem, de nenhuma forma, serem entendidos como recomendação de compra ou venda de ações, ou de contratação de serviços de bancos ou corretoras.

Como uma Escola de Investimentos, nós não oferecemos recomendações de investimentos.